Young Latin American / maaari ring magbigay ng kontribusyon sa pagpapabuti ng mga buhay ng mga tao ng mga African pinagbuhatan sa Latin Amerika,,pt,Upang makatulong na ikalat mga ideya at mga suhestiyon,,pt,pagkamamamayan,,pt,e,,en,Ang Caritas Brazil informs na pagpaparehistro para sa III Prize Odair Firmino Solidarity ay pinalawak ng hanggang sa susunod na Lunes,,pt,Setyembre,,pt,pahina,,en. Para ajudar a divulgar ideias e sugestões, Cidadania 2.0 e AfroXXI lançaram a #AfrosInternet. Até agora, a página já registrou 73 votos em dez ideias.

A iniciativa tem a intenção de aproveitar a internet para compartilhar e divulgar sugestões e projetos voltados para a inclusão social e garantia de direitos de afrodescendentes da América Latina. Os/as interessados/as em participar da iniciativa podem contribuir tanto sugerindo ideias e ações que beneficiem os/as afrodescendentes como votando e/ou comentando as propostas já apresentadas em #AfrosInternet.

Até agora, 26 pessoas já entraram na página eletrônica e votaram nas ideias apresentadas. Destaque para a mensagem deixada por Andrea Beltrán, de Madri (Espanha), até agora a mais votada: “Os jovens afrodescendentes devemos trabalhar em nossa visibilização, dando a conhecer esses escritores, músicos, pintores, entre outros artistas que mostram parte do que diariamente vivemos. Internet e Redes sociais, ferramentas-chaves”.

Além de Madri, #AfrosInternet já recebeu a colaboração de pessoas de Colômbia, Honduras, Inglaterra, México e Uruguai. A maioria das mensagens destaca a importância da participação jovem, da inclusão dos/as afrodescendentes e a realidade de cada região.

Sa nota divulgada em junho passado, Cidadania 2.0 chamou a atenção para a realidade ainda preocupante de negros e negras na América Latina. “Salvo raras exceções, os afrodescendentes na América Latina constituem a parte da população com os piores indicadores de renda, emprego e educação; está pobremente representada nos governos, nos parlamentos e nas direções das empresas”, destacou, chamando a atenção para a necessidade do reconhecimento dos direitos e da inclusão dos/as afrodescendentes na sociedade.

Para saber mais sobre Cidadania 2.0 e AfroXXI, acesse, respectivamente:

http://elblogciudadania20.org/ e http://afroxxi.wordpress.com/

Fonte: Adital