“…as nossas lágrimas regarão com esperança o chão da dura realidade para sempre sonhar com a utopia de uma sociedade justa e igual, ameaçando com dureza todo o poder que gera opressão.

Acreditamos numa sociedade sem racismo, sem machismo, sem sexismo e sem homofobia. Cremos no fim de todas as prisões, no fim de todas as formas de extermínio, na construção de outras formas de organização da sociedade e na utopia de um mundo sem oprimidos/as e sem opressores.”

Carta das Pastorais da Juventude do Brasil

maio de 2009, Guararema – SP 

O artigo Violência e Juventude no Brasil: diálogos, controvérsias e propostas de intervenção, escrito pelo coordenador da Campanha Nacional Contra a Violência e Extermínio de Jovens, Felipe da Silva Freitas, foi elaborado para exposição no Fórum sobre “Juventude e Violência no Brasil e na Alemanha”, que ocorreu em maio de 2012 na cidade de Mannhein, na Alemanha.

CLIQUE AQUI PARA LER O ARTIGO COMPLETO